Início Internacional Cristiano Ronaldo não violou o protocolo italiano

Cristiano Ronaldo não violou o protocolo italiano

2148
0

“Não foi necessária autorização para o regresso”. Ministro da saúde italiano tinha lançado ontem alguma polémica ao achar que Cristiano Ronaldo tinha violado o protocolo italiano anti-Covid no regresso a Itália mas, em declarações ao jornal ‘Tuttosport’, Roberto Testiele, emendou.

“Existe a possibilidade de mudança de um país para outro para indivíduos positivos à COVID-19, através de um voo médico com aviso ao departamento de saúde marítima, aérea e fronteiriça (USMAF). O trajeto do avião até casa deve de ser feito em ambulância particular. Estando assintomático, Ronaldo terá de ficar em casa durante dez dias, a contar desde o teste positivo”, explicou.

“Não foi necessária autorização para o regresso de Ronaldo, que não fez nem mais nem menos do que alguns jogadores das seleções nacionais quando se infetaram no estrangeiro. Utilizou voo médico devidamente autorizado pela ISMAF e não precisou de outra autorização”, afirmou.

“Ronaldo violou os protocolos, não quando voltou mas quando partiu para Portugal. Mas isso já se sabia: violou as regras no início do mês quando rompeu o isolamento”, finalizou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here