Início Outros Dois novos casos suspeitos de coronavírus em Portugal

Dois novos casos suspeitos de coronavírus em Portugal

278
0
COMPARTILHE

Ambos os doentes são portugueses.

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta terça-feira a existência de dois novos casos suspeitos de coronavírus em Portugal.

Já esta tarde, a DGS tinha dado conta, em comunicado, de um terceiro caso suspeito. Mais tarde, numa conferência de imprensa que contou com a presença da diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, do secretário de Estado da Saúde, António Lacerda Sales, e do diretor do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, Fernando Almeida, confirmou a existência de um segundo caso.

O primeiro caso é o de um homem de 44 anos, que reside na Grande Lisboa. O segundo caso suspeito é também o de um homem, de 40 anos, que também reside na Grande Lisboa e que manteve contacto com cidadãos doentes fora de Portugal e que, por isso, estava em vigilância, o que levou a que tenha sido detetado precocemente.

Ambos são portugueses e vão ficar internados no Hospital Curry Cabral, em Lisboa.

O total de casos suspeitos registados em Portugal sobe assim para quatro, depois de os dois primeiros terem sido avaliados como negativos.

DGS AVISA QUE NÃO É NECESSÁRIO USO DE MÁSCARAS EM PORTUGAL
A Direção-Geral da Saúde esclareceu também esta terça-feira que, neste momento em Portugal, não é necessário o uso de máscaras para proteção contra o novo coronavírus, com exceção dos cuidadores de eventuais infetados com a doença.

“De acordo com as indicações atuais que temos, e também de acordo com as recomendações do Centro Europeu de Prevenção e Controlo da Doença (ECDC), neste momento não é necessário os cidadãos estarem a usar máscaras”, disse à agência Lusa a enfermeira Goreti da Silva, do Programa Nacional de Prevenção e Controlo de Infeções e das Resistências aos Antimicrobianos (PPCIRA), da DGS.

NÚMERO DE MORTOS AUMENTOU 18% EM MENOS DE 24 HORAS
O número de casos de coronavírus confirmados na China passou os 20.400. Já o número de mortos chegou aos 426, o que significa um aumento de 18% em menos de 24 horas.

Fora do território chinês, foi confirmada a segunda vítima mortal da pneumonia viral. Depois das Filipinas, foi em Hong Kong que morreu esta terça-feira um homem de 39 anos que tinha estado em Wuhan no mês passado.

MACAU E HONG KONG FECHAM-SE AOS VISITANTES DO CONTINENTE PARA EVITAR PROPAGAÇÃO

Macau e Hong Kong, territórios administrados pela China, tomaram medidas drásticas que afetam a economia para travar o avanço do surto de coronavírus.

Os médicos de Hong Kong estão em greve para exigir o fecho total das fronteiras com a China.

FONTE: SIC NOTICIAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here