Início Outros Incêndio descontrolado em Portugal

Incêndio descontrolado em Portugal

300
0
COMPARTILHE

Começou esta terça-feira de manhã e está a preocupar a todos. Um incêndio está a consumir uma zona de mato e de eucaliptos, na zona de Grândola, Setúbal.

No local, encontram-se quase 200 operacionais, apoiados por 62 veículos, incluindo sete meios aéreos, a lutar contra as chamas. Os meios aéreos são, segundo informações da Proteção Civil, quatro aviões bombardeiro, dois helicópteros ligeiros e um avião de coordenação. No entanto, o vento estaria a dificultar, e muito, a tarefa destes profissionais.

De acordo com a Proteção Civil, o alerta foi dado às 11h19 da manhã desta terça-feira e, neste momento, o incêndio está ainda descontrolado, apesar da enorme mobilização de forças para o local. Este será, no momento, o incêndio mais preocupante, a lavrar em Portugal e, como tal, o que tem mais meios de combate envolvidos.

A zona afetada é na área geográfica da freguesia de Grândola e Santa Margarida da Serra e, de acordo com Elísio Oliveira, o comandante distrital de Proteção Civil de Setúbal, o incêndio desenvolveu-se “numa zona de montado, com uma área de povoamento com eucalipto”.

Elísio Oliveira deu ainda mais detalhes sobre as condições adversas para o combate a este incêndio: “É um combustível fino, arde rapidamente e, com o vento, provoca muitas projeções. O vento forte está a dificultar o combate às chamas”.

Além de todos os veículos dos bombeiros, estes estão ainda a ser auxiliados no terreno por dez máquinas agrícolas, para “ajudar a abrir faixas de contenção”. Foi feita ainda a proteção de terrenos anexos, tentando evitar-se que as chamas se estendam mais ainda.

No momento, não existem habitações em risco e, de acordo com Elísio Oliveira, o fogo deverá ser controlado, brevemente.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here