Início Internacional “O Cristiano Ronaldo escondia fragilidades do Real Madrid”

“O Cristiano Ronaldo escondia fragilidades do Real Madrid”

1215
0
COMPARTILHE

Cristiano Ronaldo escondia fragilidades do Real Madrid

O antigo presidente do Real Madrid Ramón Calderón recorreu à sua página na rede social Twitter para comentar a goleada dos colchoneros (7-3) sobre a equipa de Zinedine Zidane, recordando ainda a importância de Cristiano Ronaldo na equipa merengue.

«O Cristiano tapava tantas carências que até parecia razoável e conveniente que um engenheiro-construtor fosse diretor desportivo de uma equipa de futebol», começou por escrever o antigo dirigente espanhol, antes de recordar as quatro Ligas dos Campeões conquistadas em cinco anos graças à ajuda crucial do internacional português:

«O Cristiano foi muito importante para o Real Madrid, e foi capaz de tapar tantos defeitos estruturais, que uma equipa mal concebida, com um treinador chegado da Segunda B, sem patrão nem esquema de jogo determinado, conseguiu ganhar quatro Ligas dos Campeões em cinco anos.»

O ex-dirigente, de 68 anos, aproveitou ainda para lançar uma farpa ao clube atualmente liderado por Florentino Pérez. «Há algum tempo, aprendi que não há que dar muitas explicações sobre o que cada um pensa ou opina. Os amigos não precisam delas, os inimigos não as aceitam e os parvos não as entendem», atirou.

O Atlético Madrid impôs-se no dérbi de pré-época com o Real Madrid, relativo à International Champions Cup, por expressivos 7-3. Jão Félix foi titular e contribuiu com um golo, o segundo (aos 8 minutos), para a histórica vitória dos colchoneros.

O português brilhou, mas a grande figura da partida, porém, foi Diego Costa, autor de um poker. O avançado hispano-brasileiro marcou logo no primeiro minuto de jogo, aumentando o pecúlio pessoal aos 28’, 45’ (penálti) e 51’. Félix, refira-se, fez as assistências para o primeiro e quarto golos.

Ángel Correa (19’) e Vitolo (70’) – o espanhol entrou para o lugar de João Félix, aos 66 minutos – também inscreveram o nome da lista de marcadores. Pelo Real Madrid marcaram Nacho (59’), Benzema (85’, de penálti) e Javi Hernández (89’).

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here