Início Modalidades FC Porto é acusado de pagar muito dinheiro a adversários do Benfica

FC Porto é acusado de pagar muito dinheiro a adversários do Benfica

1470
0
COMPARTILHE

O Ministério Público vai «analisar e investigar» denúncia anónima no DCIAP, segundo a qual o FC Porto pagará aos adversários que vencerem ou empatarem com o Benfica.

O Ministério Público vai «analisar e investigar os factos» de uma denúncia apresentada no DCIAP e «proceder criminalmente contra os seus autores, se para isso houver fundamento».

A denúncia, anónima, dá conta, no documento que o Portal de Notícias teve acesso, de que o agente desportivo da cidade do Porto Pedro Pinho, o antigo árbitro e comentador atual do Porto Canal António Perdigão, o administrador da SAD do FC Porto Adelino Caldeira e o agente de jogadores de futebol e filho do presidente do FC Porto Alexandre Pinto da Costa serão «suspeitos» de «oferecerem 200 mil euros por vitória às equipas que jogarem contra o Benfica».

Também ontem António Borges, vice-presidente do FC Porto para o andebol, revelou esta segunda-feira no programa Universo Porto que há oito jogos do emblema azul e branco na modalidade sob investigação, referentes à época 2016/17.

”Não foi o FC Porto que trouxe a público tudo o que nós conhecemos, mas como é que os órgãos federativos podem ficar insensíveis, a algo que ninguém contradiz? Dos últimos dez jogos de 2016/17, oito estão sob suspeita e os nossos adversários, não interessam as cores, manobravam para que os outros ganhassem ao FC Porto, todos contra o FC Porto.

Isto de uma forma clara e hoje sabe-se que são declarações públicas, passaram nas televisões, toda gente as conhece, a Procuradoria-geral da republica tem notas oficiais a dar conta das diligencias que foram feitas.

Há pelo menos sete arguidos e isso faz com que se perceba que não há um clima tranquilo para se desenvolver a modalidade”, atirou o dirigente dos dragões, apontando também para o hóquei em patins, tomando como ponto de partida o clássico de sábado, frente ao Benfica, que suscitou muitas queixas do lado portista:

”O hóquei em patins este fim de semana foi um escândalo e as coisas acontecem quase sempre num FC Porto-Benfica ou num FC Porto-Sporting. Mas o que se está a passar é um desrespeito pelo FC Porto e imerecido.

Repare-se que, no caso do andebol, a Seleção Nacional tem oito jogadores do FC Porto, mas se formos aos outros quase todos passaram pelo FC Porto”, assinalou António Borges, terminando com um apelo à Federação de Andebol.

“O que pedimos é uma posição pública, na defesa até das pessoas envolvidas, pelo bom nome do andebol, pelo bom nome daqueles que estão envolvidos e o que temos é o silêncio e uma paz podre que prejudica sempre o FC Porto”, rematou.

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here